Histórico

A organização sindical em Santa Catarina teve início em 1º de março de 1967 com a instalação de uma delegacia estadual da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).

Comandada pelo delegado sindical Jaime Andrade Ramos, pelo assessor jurídico Walter Tang e pelo auxiliar de escritório, Rogério José Philipi, a delegacia tinha o objetivo de acelerar a implantação de Sindicatos dos Trabalhadores Rurais no Estado, durando 16 meses.

Os resultados não tardaram a surgir. Em outubro e novembro do mesmo ano, o então ministro do Trabalho e Previdência Social, Jarbas Passarinho, assinou a Carta Sindical dos Sindicatos de Luiz Alves (fundado em 24.04.67), de Herval d’Oeste (fundado em 30.04.67) e de Itapiranga (fundado em 28.05.67).

 

SURGE A FETAESC

Após a criação dos sindicatos em dezenas de municípios, o Movimento Sindical empenhou-se na fundação da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (FETAESC). No Diário Oficial dos dias 17,18 e 19 de junho de 1968, foi publicado o edital de convocação, que atendendo à deliberações das Assembleias Gerais Extraordinárias, convocaram as delegações dos Sindicatos, para a Assembleia Geral de fundação da Federação dos Trabalhadores na Agricultura, realizada no dia 2 de julho de 1968, na sede da Delegacia Regional da Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), então situada na Rua Felipe Schmidt, 25, em Florianópolis.

Conforme o Edital, no dia 2 de julho de 1968, reuniram-se os presidentes, delegados representantes dos sindicatos de Trabalhadores Rurais dos municípios de Chapecó, Itapiranga, Herval d’Oeste, Caçador e Luiz Alves, respectivamente representados pelos trabalhadores rurais Waldemiro Bellini, João Averbeck, Ângelo Tosatti, Euclides Deonizio Canalle, Zacarias Pedro Schmitz e João Soares Scheffer – delegado representante e tesoureiro do Sindicato de Chapecó, Antônio Baseggio Neto – delegado representante e secretário do Sindicato de Caçador, Ivo Mais – delegado representante e secretário do Sindicato de Luiz Alves, bem como os presidentes provisórios dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Alfredo Wagner – Laudelino Rosar; de Brusque – Ercílio Botamelli; Faxinal dos Guedes – Deonizio Carmignan; Guabiruba – Kurt Lübke; Itajaí – João Vieira Ramos; Nova Trento – Antônio Vicente Vargas; Vargeão – Hortelino Couseau; Xanxerê – Gelsi Casagranda; Xaxim – Wadislau Zmijeski; Joaçaba – José Petrykowski; Campo Erê – Francisco Assis Dal Piva.

Estavam também presentes: Luiz Manoel da Cruz – tesoureiro provisório do Sindicato de Camboriú; Alexandre Panstein – conselheiro fiscal provisório do Sindicato de Jaraguá do Sul; Curt Hasse – secretário provisório do Sindicato de Ascurra; Serafim Ferronato – secretário provisório do Sindicato de Campo Erê, assim como os associados Giuseppe Caponera – do sindicato de Modelo e como assistente, Jaime Andrade Ramos – delegado da Contag.

Os trabalhos da Assembleia foram presididos por Zacarias Pedro Schmitz, que foi secretariado por João Averbeck.
Em 7 de janeiro de 1969, o Ministério de Estado dos Negócios do Trabalho e Previdência Social reconheceu a Fetaesc como entidade representante dos trabalhadores na agricultura em Santa Catarina. A Carta Sindical foi registrada sob o número MTPS 134526/68.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *